Páginas

domingo, 24 de janeiro de 2010

Perdido

no sul de lugar algum sentei e chorei,  como se lágrimas não fossem suficientes para meu desencanto
longe do que queria, perdido fiquei no meio do não-querer
apenas o vazio envolvendo o que não consigo chamar de "eu"



Nenhum comentário: