Páginas

terça-feira, 15 de maio de 2007

Viçoso


A verve comanda o meu sexo
Podre é um bom adjetivo a minha pessoa
Sou escravo do meu prazer
Ou senhor dos meus desejos?

Lúgubres palavras ditas ao vento
Num caminho que esquadrinho
Passos largos e sincopados
Pela rua que não tem fim

Basta de calar meu fogo
Não quero mais banhos frios e gemidos sozinho
Chega de ser a fênix da minha luxúria

Quero um amor que seja devasso
Preciso de beijos sinceros
E de um bocado de sacanagem ao pé do ouvido

15/05/07

Um comentário:

elfah disse...

Quero um amor que seja devasso
Preciso de beijos sinceros
E de um bocado de sacanagem ao pé do ouvido...

Adorei!
:D