Páginas

quinta-feira, 18 de janeiro de 2007

Meu sexo


Cálido, fálico e esdrúxulo
Torto, sinistro e laico
Este é o meu sexo

Não sou homem ou mulher
Sou andrógino e assexuado alguns minutos

Quero o teu sexo
Procuro o teu cheiro
E o que encontro?
Desprezo

Por que ainda te quero se tanto foges?
Por que se tu foges, então não me deixas?

Acho que meu fogo não te queima
Meu furor não perpassa o teu
E meus gemidos são obtusos aos teus sentidos

Dúvida...

Nenhum comentário: